"Penso, logo escrevo", Aleatórios, Beleza, Dicas, Inspiração, Leitura

“Penso, logo escrevo” – Ser diferente

post-ser-diferentePara início de conversa, é primordial não querer ser alguém que você não é! Assuma sua personalidade, seu jeito e seus gostos não importa o que digam ou pensem. No mundo totalmente virtualizado em que vivemos hoje a aparência e status basicamente “determinam” quem você é, ou quem você gostaria de ser, podemos dizer. Se você só posta fotos com roupas estilosas, em lugares bacanas, fazendo viagens, sorrindo, feliz, rodeada de “amigos” ou pessoas legais e sempre ostentando coisas materiais você simplesmente É O CARA o TOP.

Isso infelizmente tem levado muita gente a basear seus ideais e desejos iguais ao daquela pessoa que só posta “coisas perfeitas” e que aparente ter uma vida perfeita. Sinto lhes dizer que não existe ninguém perfeito (só Deus) e muito menos vida perfeita, e isso não é motivo de ficar triste e revoltado não, é preciso agradecer por não existir essa perfeição almejada. Imagina se tudo fosse lindo e maravilhoso o tempo inteiro? Ia ser péssimo, monótono, sem emoção sabe!

Só agradeça a cada dia por poder acordar e ter mais um dia inteiro pela frente, para ser você mesmo!

Se tem um cabelo cacheado não alise, assuma seus cachos! Se você é negro, branco, tenha orgulho de sua cor! Se você é alto, baixo, magro, gordo, seja lá suas características, apenas seja você, com certeza tem alguém (muitas pessoas, na verdade) que gostam de você exatamente como é, sem precisar mudar pra tentar ser outra pessoa. Nem sempre o que vemos por ai nas redes sociais, é realmente aquilo que parece ser, viu.

O diferente é legal, é surpreendente, é emocionante, é ÚNICO.

Por Franciele Vilas.

Anúncios
"Penso, logo escrevo", Aleatórios, Inspiração, Leitura

“Penso, logo escrevo” – Tudo deu errado

Qg39g0848MwPorque dias difíceis existem? Porque quando tudo parece ir bem, ele me surpreende? Porque eles parecem nunca acabar? Qual o objetivo disso tudo? Acabar com a minha vida? Destruir toda uma construção demorada em apenas algumas horas, minutos ou segundos? O que vai acontecer agora? O que vou fazer?

Não consigo, não suporto, não aguento, não sou capaz, eu desisto, quero fugir, quero desaparecer sem deixar rastros, essas são as únicas coisas que consigo pensar, não tem espaço mais para nenhum pensamento positivo. As pessoas que tem um pouco mais de serenidade dizem, tenha calma, isso vai passar! Isso vai passar? Você jura pra mim? Porque se não passar o que será de mim? O que vai acontecer?

Preciso de uma certeza para acalmar meu coração! Paro. Fico sem ar. Desato a chorar e sinto uma angústia subindo no peito, é mais forte do que eu. Paro. Minha cabeça dói, minha alma grita e chora sem fim, e eu só quero conseguir não pensar em nada. Só quero que essa angústia vá embora, só quero que o dia acabe deixando enterrado tudo o que eu estou sentindo de ruim agora. Adormeço. 

Dizem que quando o sono vem a alma descansa, regenera e se recompõe. Eu não sei sobre isso, mas sei que tenho um novo dia pela frente, para não cometer os mesmos erros, para não sentir as mesmas dores, para lutar com toda a força pelos meus sonhos e meus desejos. Para amar infindavelmente as coisas boas ao meu redor. Dias bons existem! 

  • Franciele Vilas Boas
"Penso, logo escrevo", Aleatórios, Dicas, Inspiração, Leitura

“Penso, logo escrevo” – Prazer, seu melhor amigo(a)!

fanfiction-rafael-cellbit-lange-um-tal-apartamento-115-5049509-140120161510Nem sempre! Alguns momentos, principalmente aqueles que nos encontramos fracos por algum motivo tendemos a confiar nossos segredos e fraquezas com pessoas mais próximas da gente, os “amigos”. Uma pergunta surge, será que posso confiar? Fico sinceramente em dúvida do que fazer, se conto ou não, mas diante da minha situação atual acabo optando por compartilhar e não dar ouvidos a minha mente ou coração, não sei bem quem lá no fundo me diz, “ei, melhor não!”. Cedo e me entrego de corpo e alma abertos, costumo ser assim quando gosto das pessoas.

Acho que isso pode ser um grande defeito meu, até porque já passei por algumas situações em que depositei todo o meu sincero afeto, acreditei que o retorno também era verdadeiro mas acabei quebrando a cara. Difícil entender as pessoas, um dia está ali com você, compartilhando exatamente tudo (tá, não sei se tudo) da sua vida com você, trocando conselhos e experiências e de uma hora para a outra se torna o oposto do que chamamos de amigo. Ok. Vamos lá, bola pra frente, o que não falta nesse mundo são amigos, certo?

Aliás, pensando melhor, mesmo se não houver outra pessoa que se considere como um amigo, tem alguém sim que pode fazer este papel. Você mesmo! Isso ai, não existe ninguém que te entenda melhor do que você mesmo, que saiba seus desejos e sonhos, que conhece e compreende seus maiores medos e angústias, que saiba o que está se passando dentro dessa cabecinha aflita e pulsante. Até pode parecer uma grande babaquice, mas é a mais pura verdade. Tenho certeza de que você ai que está lendo este texto já foi traído por aqueles falsos indivíduos, que só estão contigo por um único motivo: interesse. Polêmico demais? Talvez, porém é verdadeiramente a verdade.

Óbvio que existem exceções, nada pode ser generalizado dessa maneira, eu sei. Mas falando de uma grande maioria essa é a minha humilde opinião. Confie em você mesmo, não precise de ninguém que lhe diga o que fazer ou não. Ah, e muito cuidado para quem você diz sua vida, como ouvi dizer por ai, a inveja nunca dorme. #ficaadica

  • Franciele Vilas
"Penso, logo escrevo", Aleatórios, Inspiração, Leitura

“Penso, logo escrevo” – Diga sim!

tumblr_n270q2k5yc1su5r3uo1_500Aprendi com a vida. Aprendi que certas coisas não tem explicação, aprendi a entender que não há como entender o jeito estranho das pessoas, aprendi também que é necessário viver a vida um dia de cada vez e que nem sempre vou ter alguém ao meu lado pra me dizer o que fazer, para me consolar, para alisar os meus cabelos e dizer ao pé do meu ouvido que tudo vai ficar bem mesmo que não seja verdade.

Aprendi que despedidas são indispensáveis em algum momento e que a saudade pode não ser uma coisa tão ruim assim, até me faz sentir viva sabe? Mas, não me sinto preparada pra encarar as aventuras desse mundo sozinha, a minha cabecinha é muito teimosa e não vai suportar a pressão das pessoas e posso acabar surtando em poucos dias. As vezes sou muito ingênua e sei disso por experiências passadas, e sabe o que eu fiz? Chorei e claro aprendi, mas como lidar com tanta esperteza e engenhosidade impregnada por ai?

Não vou saber o que fazer, para onde ir e como suportar esse grande buraco negro que vez ou outra tenta me puxar para a completa escuridão. Vou precisar do seu colo, do seu abraço quente e reconfortante todos os dias, dos seus conselhos e até mesmos dos seus gritos. Preciso ter você junto a mim, nos melhores e piores momentos da minha vida, quero apenas um sim e se não for, eu lhe digo que isso foi mais uma coisa que aprendi!

  • Franciele Vilas