Aleatórios, Dicas, Inspiração, Leitura

Os livros dos Youtubers!

Faaaala galera, tudo bem?! O ano de 2016 foi realmente bem movimentando quando nos referimos à lançamentos literários, principalmente para os influenciadores digitais, mais conhecidos como youtubers e blogueiros que lançaram seus próprios livros! Agora também podemos chamá-los de escritores né?! Então, fiz uma seleção com alguns livros que achei bacana compartilhar com vocês (confesso que ainda não li nenhum desses abaixo, mas já estão no meu radar de leitura). Se já leu algum desses conta pra mim o que achou, vou amar saber e quem sabe me encorajar pra ler logo!! Beijinhos.11 – O Livro do Bem 2: Para se aventurar e ver o mundo com outros olhos (Ariane Freitas e Jéssica Grecco) – Esse é um livro cheio de aventuras, mas com aquele toque de amor e motivação para realizar os sonhos, porque a gente sabe que às vezes faz falta um empurrãozinho no meio da luta diária. Além de explorar o que você sente, convidamos você a sair da zona de conforto e observar o mundo à sua volta, seja viajando, seja conhecendo sua cidade, seja tomando coragem para conhecer as pessoas e as coisas que estão por perto e que você nem sempre nota. Este é um livro sobre viagens – dentro e fora do seu coração. É um mapa para as coisas pequenas e especiais da vida. Cada minuto que você dedicar a ele tornará sua visão de mundo ainda mais ampla e especial. Mas ele só vai te mostrar os caminhos se você topar embarcar nesta loucura, fazendo-o seu de verdade. Com frases e reflexões, ilustrações fofinhas, fotos e tarefas que fazem a gente sentir vontade de largar tudo e ir viajar na hora, além de playlists para embalar os dias… E aquela carinha de diário que ajuda tanto na hora de abraçá-lo e fazer as atividades como se fosse seu melhor amigo. Nunca se esqueça de coloca-lo na bolsa!

2 – Tá todo mundo mal (Jout Jout) – ‘Do alto de seus 25 anos, Julia Tolezano, mais conhecida como Jout Jout, já passou por todo tipo de crise. De achar que seus peitos eram pequenos demais a não saber que carreira seguir. Em Tá todo mundo mal, ela reuniu as suas “melhores” angústias em textos tão divertidos e inspirados quanto os vídeos de seu canal no YouTube, “Jout Jout, Prazer”. Família, aparência, inseguranças, relacionamentos amorosos, trabalho, onde morar e o que fazer com os sushis que sobraram no prato são algumas das questões que ela levanta. Além de nos identificarmos, Jout Jout sabe como nos fazer sentir melhor, pois nada como ouvir sobre crises alheias para aliviar as nossas próprias!’

3 – O Mundo de dentro (Bruna Vieira) – Bruna ainda não conseguiu fazer amizade com nenhum de seus colegas na nova escola. Ela vislumbra, então, uma boa oportunidade para começar a se enturmar na primeira festa da turma, que acontece naquela noite. Contados pelos pontos de vista dos outros personagens da história, cada capítulo desta HQ revela um pouco de como foi a festa, que acabou trazendo para Bruna uma grande surpresa.2 4 – Tá gravando e agora? (Kéfera Buchmann) – Ela está de volta. Depois de vender 400 mil exemplares do seu primeiro livro, Muito Mais que 5inco Minutos, Kéfera Buchmann publica Tá gravando. E agora?, novamente pela Editora Paralela. Nele a youtuber mais conhecida do Brasil conta como seu canal, 5incominutos, atualmente com mais de oito milhões de inscritos, surgiu, revelando detalhes até então inéditos. Kéfera relembra como foi gravar o primeiro vídeo, as inseguranças que surgiram e como ela conseguiu superar os obstáculos para, aos poucos, ir conquistando milhões de fãs. Ela ainda tenta responder a pergunta que mais ouve dos seus seguidores: “Como eu faço para fazer o meu canal de Youtube dar certo?”. Não, não existe uma fórmula mágica, mas Kéfera dá várias dicas úteis que podem ajudar os aprendizes de youtuber.
Muitas das dicas servem não só para quem quer brilhar na internet. Kéfera fala de como melhorar sua criatividade de maneira geral na vida, sugerindo até exercícios para isso. De bônus, Tá gravando. E agora? traz depoimentos emocionantes de kélovers (como os fãs dela são conhecidos), que contam como Kéfera influenciou suas vidas.

5 – As coisas mais legais do mundo (Karol Pinheiro) – Do blog para as suas mãos: 100 textos inéditos e cheios de inspiração sobre amores, desamores e mais, muito mais! Ela prefere os dias nublados. Gosta de ficar sozinha, mas tem amigos da vida inteira. No trânsito, tem mania de olhar para os carros parados ao lado e imaginar o que as pessoas estão pensando. Curte cada minuto da casa nova (onde mora sozinha!) e se pergunta onde foi que as pessoas esconderam os sentimentos escancarados. Em seu primeiro livro, Karol Pinheiro convida você a olhar o mundo pelos olhos dela. De um jeito doce que às vezes pode ser bem ácido, a blogueira fala de amor, beleza, desejos, mentiras, frustrações, família, manias, cachorrinhos de estimação, sobremesas e avós de cabelos branquinhos. Fala de sentimentos, mas também fala de coisas. Afinal, a vida da gente não é feita só de poesia. Com leveza e inteligência, Karol compartilha com você as suas impressões sobre ser, ter e sentir. No teclado dessa jovem escritora, as situações do cotidiano se transformam em textos lindos que vão fazer você se perguntar por que nunca tinha olhado em volta com tanta sensibilidade. Cada um dos textos termina com um desafio da Karol. Tudo que ela quer, agora, é que você abra a sua mente (e o seu coração) para as coisas mais legais do mundo!

6 – Maju (Maju Trindade) – “Maju” Trindade é uma garota simples, mas cheia de personalidade e atitude. Ela impressiona pelo visual, que mistura piercing no nariz com combinações de roupa tiradas de sua cabeça, assim como pelo jeito espontâneo com que fala tanto da vida no interior quanto de Justin Bieber. No seu primeiro livro, “Maju”, fica claro porque essa menina de 18 anos virou a namoradinha da internet brasileira. Com milhões de seguidores no Twitter, no Instagram e no YouTube, ela fala da sua infância, do seu trabalho, das viagens marcantes que fez e dos seus sonhos.
3 7 – Olá, Meninas e Meninos! (Taciele Alcolea) – Olá meninas e meninos! Estou tão acostumada a falar de mim nos vídeos que escrever tem sido um desafio. No entanto, escrever desperta em mim a calma de que eu tanto preciso para colocar as ideias em ordem e espalhar por aqui um pouco mais de mim. Nestas páginas, vocês irão encontrar fatos importantes da minha vida: minha infância simples e repleta de sonhos, momentos com a minha família, meus tempos de escola, meu primeiro amor e outros segredos que agora me sinto a vontade para compartilhar. Repleto de fotos inéditas, este livro é uma conversa sincera e de coração aberto. Espero inspirá-los com um pouco da minha história e nunca se esqueçam: vocês podem ser quem vocês quiserem. “Sorriso sincero, coração de criança e muitos sonhos pela frente”.

8 – Tudo tem uma primeira vez (Vitória Morais) – Vitória Moraes tem quinze anos, é autêntica, engraçada, meio nerd, meio gótica, tem cabelão, três piercings, está sempre de tênis de cano alto, jeans e batom roxo. Como todo adolescente, se vê diante de um monte de novidades: o primeiro amor, as mudanças no corpo e os desafios da vida social. A diferença é que, no universo do YouTube, ela é conhecida como Viih Tube, e compartilha em vídeos seu cotidiano com mais de 2 milhões de seguidores. Virou uma estrela, cercada por fãs aonde quer que vá. Foram eles que imploraram para que Viih escrevesse um livro. E, para ela, os pedidos dos fãs são uma ordem. Em Tudo tem uma primeira vez, Viih revela que teve vontade de recorrer ao Google em busca de um tutorial antes de perder o famoso BV. É fofa ao contar como foi a primeira vez que disse “Eu te amo” para um garoto e não se poupa quando descreve o resultado infeliz da primeira vez que pintou o cabelo. Sem medo de ser contraditória, ela afirma que odeia mentira, mas já mentiu para o pai (#quemnunca?). Boa aluna, ela admite que já colou numa prova e que ficou passada quando precisou fazer recuperação. Mesmo assim, continua a queridinha dos professores. Cada capítulo conta com ilustrações e referências à linguagem da internet, e muito, muito humor. Mas que ninguém se engane: Viih tem posições firmes e um jeito só seu de contar histórias. Se todos os meninos e meninas estão conectados à internet 24 horas por dia e usam as redes sociais para tudo, Viih faz com suas palavras um retrato divertido de quem é o adolescente da atualidade.

9 – Manual de Sobrevivência do adolescente (Camila Loures) – No seu canal no YouTube, Camila Loures conversa com a galera sobre todos os assuntos, mas algumas dúvidas sempre se repetem: Por que os pais da gente dizem tanto “não”? Vale a pena ficar com o BFF? Ser virgem está fora de moda? O Manual de Sobrevivência do Adolescente foi feito para quem achava que estava sozinho em um mar de perguntas. Do vício na internet à perseguição na escola; da ansiedade de agradar o grupo às armadilhas do álcool, tá tudo aqui. Quem diria que a vida pode vir com manual?
4 10 – PC Siqueira está morto (Alexandre Matias) – O paulistano Paulo Cezar Siqueira se tornou um dos primeiros youtubers do Brasil no começo dos anos 2000, uma época em que quase ninguém ligava uma câmera para dizer o que pensava e depois jogar o vídeo na internet. Hoje surgem novos influenciadores digitais (como eles são chamados) a cada dia, mas PC continua tendo lugar de destaque. Ele é a voz crítica dos seus pares, que conhece o poder e também a responsabilidade de ter milhões de seguidores. Escrito pelo jornalista Alexandre Matias, PC Siqueira está morto é uma viagem pela cabeça única do youtuber e, como ele, está mais preocupado em provocar do que em apresentar respostas. Oscilando entre a ficção e o real, o livro reúne transcrições de arquivos digitais e analógicos que podem (ou não) ter pertencido ao ex-VJ da MTV. Nesses fragmentos, PC vive outras existências, revela episódios do seu passado, expõe seus medos e taras e brinca com os mitos que sempre cercaram sua personalidade polêmica. Mais do que um retrato de um personagem fascinante, é um flagrante dos nossos tempos onde as fronteiras entre fama, realidade e internet se confundiram de vez. PC é ao mesmo tempo testemunha e protagonista dessa história.

11 – Pipocando (Rolandinho e Bruno Bock) Rolandinho e Bruno Bock compartilham, por meio do relato de suas histórias, os tropeços e acertos que levaram o Pipocando a alcançar marcas incríveis – 140 milhões de visualizações e mais de 1,7 milhão de inscritos, transformando-o no maior canal de cinema da América Latina – desde a criação dos primeiros projetos fracassados até o desafio de gerenciar e motivar uma equipe competente. Recheado de segredos, experiências e histórias hilárias, este livro pretende mostrar que o sucesso vem, na maioria das vezes, para quem tem coragem e disposição de sobra – claro, se você tiver café, também ajuda.

12 – De volta ao jogo (Rezendeevil) – Pedro Afonso, mais conhecido como RezendeEvil, tem um canal no YouTube onde divide com os amigos sua atividade favorita: criar histórias e mundos diferentes no universo de Minecraft. Só que Pedro descobriu que o mundo que vê da tela do computador é muito mais real do que poderia imaginar! Depois de acordar um dia dentro do jogo e conhecer o próprio avatar, o Rezende virtual, ele agora mal pode esperar pela próxima aventura. Desta vez, porém, ao se ver no mundo quadrado que adora, Pedro não reconhece muita coisa. Onde está? De quem é aquela mansão mal-assombrada que vê à distância? E onde estão seus amigos? É hora de mergulhar em uma nova aventura para salvar o mundo que criou. Mais uma vez, Pedro e Rezende precisam se unir, pois um vilão de olhos brilhantes ameaça a vida de todos, e apenas o Herói Duplo poderá derrotá-lo.
5 13 – O sonho de Lorena: Uma história de superação e coragem (Lorena Reginato) – O que você faria se descobrisse que tem câncer no cérebro aos 11 anos de idade? Como você reagiria se perdesse todos os movimentos do corpo da noite para o dia? Você desistiria dos seus sonhos? Se revoltaria? Ou lutaria com um sorriso no rosto para dar a volta por cima? Pois a pequena e frágil Lorena optou por lutar. Ao lado da mãe, Fiorella, e de sua irmã mais velha, Larissa, ela não se deixou abater pela grave doença e enfrentou o doloroso tratamento com a garra e a sabedoria que muitos adultos não adquirem durante uma vida inteira. Ainda durante o período de convalescência, Lorena retomou o antigo sonho de criar seu próprio canal no YouTube. E a sinceridade emocionante de uma garotinha que luta pela vida e sorri com os olhos cativou milhares de seguidores em poucos dias. O sucesso foi tão estrondoso que chamou a atenção de diversas emissoras de televisão, sensibilizadas por sua história de superação e coragem. Um verdadeiro fenômeno! Mesmo tão jovem, Lorena já passou por situações que cruzaram o limite da dor e da esperança. Nesse livro, ela abre o coração e revela todos os detalhes de sua história. Uma trajetória emocionante e inspiradora, muito maior e mais bonita do que poderíamos imaginar.

14 – O livro do Isaac: Para fortalecer a amizade (Isaac Moura) – Isaac é um garotinho de apenas 6 anos mas já conquistou milhares de fãs por todo o Brasil. Com espontaneidade e bom humor, ele publica vídeos no YouTube, nos quais esbanja simpatia ao comentar situações do dia a dia, interage com os fãs e, eventualmente, faz sua mãe pagar micos – e participa deles! –, como dançar “Baile de Favela” no supermercado. A princípio, o garoto começou a gravar vídeos com a família para brincar, mas o número de visualizações cresceu tão rápido que ele continuou com a ideia. E não é que pegou gosto pela coisa? Você que já acompanha Isaac na internet, agora também pode convidá-lo para fazer parte de sua estante! Bem-vindos ao mundo do Isaac. Isaac do VINE como você nunca viu!
Encontre aqui:
– Curiosidades sobre o youtuber;
– Conteúdo interativo;
– A vida na escola;
– Os maiores micos do garoto;
– Segredos de bastidores;
– Muuuuitas fotos!

15 – Meu nome é Amanda (Amanda Guimarães) – Com mais de 245 mil inscritos em seu canal no Youtube e vídeos que alcançam mais de um milhão de visualizações, a youtuber Mandy Candy conta sua história em livro. Nascida em Gravataí, no Rio Grande do Sul, Amanda nasceu num corpo de menino do qual sempre se sentiu desconectada. Ela juntou dinheiro e aos 19 anos, com o apoio da mãe, foi para a Tailândia fazer a cirurgia de redesignação sexual. Em seu canal no Youtube, ela fala, entre outras coisas, sobre feminismo e identidade de gênero, e faz enorme sucesso entre os adolescentes. No livro, Mandy conta tudo sobre bullying, sua fase de transição e sua trajetória até se tornar uma das youtubers mais conhecidas da internet.616 – O sensacional livro antitédio do Lucas Rangel (Lucas Rangel) – Tudo ao mesmo tempo agora. Esse poderia ser o lema de vida de Lucas Rangel. Dominar as redes sociais? É com ele mesmo: Vine, YouTube, Twitter, Instagram, Facebook, Snapchat. O mineiro não para quieto e tem números impressionantes de seguidores em todas elas. Mas Lucas brilha apenas como ele mesmo? Na-na-ni-na-não. Ele interpreta três (isso mesmo, Três) personagens: a Mãe, o Professor e a Menina Burra, um mais engraçado que o outro. Neste seu primeiro livro, Lucas conta um pouco da sua história surpreendente e convida os fãs a participarem de brincadeiras e desafios divertidíssimos. Alguns são novos e outros vieram direto do seu canal no YouTube. A maior vítima das pegadinhas é o tédio, que não vai ter vez.

17 – É do babado! (Evelyn Regly) – “É do babado!” reúne aquilo que o canal de EVELYN REGLY tem de melhor: bom humor e uma boa dose daquele sarcasmo que a gente adora. Mas também revela os segredos e a intimidade da youtuber que a internet ainda não mostrou. Com a câmera desligada, ela conta os babados reais de sua própria vida, os acertos e os fracassos que já experimentou e dá um choque de motivação para quem precisa virar a vida do avesso, como ela mesma fez anos atrás. A conversa aqui é íntima – de vaca para vaca – e sem rodeios, tanto que, em meio aos conselhos despachados que a autora dá, sobram umas boas chacoalhadas para você aprender a encarar os problemas. Você vai conhecer uma Evelyn completamente diferente da que existe no YouTube, e é bem provável que se encante ainda mais por ela.

18 – Oito ou Oitenta (Victor Meyniel) – Victor Meyniel só se sente vivo quando está em movimento. O jeito escrachado e a liberdade para dizer o que pensa às vezes são confundidos com imaturidade. Mas não se engane: ele já enfrentou problemas que fariam recuar até mesmo um adulto bem vivido. É com toda essa coragem e bom humor que Victor Meyniel abre o coração para falar da infância, da família, da profissão, da sexualidade, do bullying, da síndrome do pânico e de sua atitude desafiadora perante a vida. Para ele, não existe meio-termo nem tabu. Só existe mergulhar de cabeça.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s