Aleatórios, Dicas, Inspiração, Leitura

Resenha: Cidades de Papel

Saber que John Green era incrível antes de ler o livro dele eu já sabia, mas após terminar foi uma perfeita confirmação disso. Cidades de papel é uma leitura mais do que perfeita, é uma leitura necessária pra qualquer pessoa. Foi uma das melhores compras literárias que já fiz, eu realmente adorei demais esse livro. é o tipo de leitura envolvente desde o prólogo até a última palavra na última página do livro. Fiquei muito satisfeita com a leitura e eu super indico para vocês, meus leitores e leitoras.

Quando Quentin é apresentado e se faz presente narrando toda a histórias e os demais personagens a imagem de como é Q é quase imediata, o livro parece que faz com que ordenássemos nossa imaginação a trabalhar e criar todos os cenários e cada momento da história. Mas, vamos ao que vocês querem saber porque estou me empolgando demais.. KKKK

Como eu já disse, o Quentin é o personagem principal e que narra toda a história, ele tem junto a ele os seus melhores amigos que se chamam Ben e Radar. Quentin desde pequeno tem uma paixão platônica por Margo Roth Spielgerman que além de colega da escola é sua vizinha. Ele sempre a admirou e quando crianças não se desgrudavam porém ao passar do tempo eles foram se afastando. Margo a garota mais popular da escola e rodeada de seus amigos populares e Quentin com seus fiéis nada populares escudeiros, Ben e Radar. Radar era o único que tinha uma namorada que se chamava Angela. Por alguns motivos Ben não tinha muito sucesso com garotas e isso o preocupava em relação à formatura e quem ele convidaria para ir ao baile. 

Tudo começa a mudar quando Margo e Quentin saem em uma louca aventura e que está apenas começando. Após algumas descobertas Margo simplesmente desaparece deixando todos preocupados, seus pais nem tanto por já estarem acostumados com os sumiços da filha, mas Q ficou extremamente preocupado com o grande amor da sua vida. Ele sente que precisa de alguma forma encontrá-lá mas nem sabe como e nem por onde começar. E ai os mistérios e acontecimentos dessa incrível aventura só vão começar. Tenho que parar por aqui por causa do “ALERTA DE SPOILER”.. HAHA

Se eu contar mais alguma coisa perde a graça, e tenho certeza de que vocês vão simplesmente amar embarcar nessa aventura junto com Q e desvendar essa incrível história escrita por John Green. Beijinhos e espero que tenham gostado da resenha. Boa leitura!

Anúncios

2 thoughts on “Resenha: Cidades de Papel”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s